No início de junho, o cirurgião Marcelo Loureiro, do Instituto Jacques Perissat (IJP) esteve nos Estados Unidos para uma visita na fábrica da empresa GORE, uma das mais tradicionais companhias de biotecnologia do mundo. Criadores do PTFE, um dos materiais sintéticos mais utilizados para a fabricação de implantes médicos, a GORE está entre as 200 maiores empresas dos Estados Unidos com atuação em quatro áreas principais: eletrônica, têxtil, produtos industriais e médicos. Atualmente, a corporação conta com mais de 10 mil funcionários, possui fábricas nos Estados unidos, Alemanha, Reino Unido, Japão e China e escritórios de vendas em diversos países. Fundada em 1950, o faturamento anual da GORE ultrapassa os US$ 3 bilhões.

Os especiais interesses do IJP estão em produtos de implantes sintéticos, para a cirurgia gastrointestinal (SEAMGARD) e as telas absorvíveis, como a BIO A. “A GORE, através dos seus representantes regionais, já é parceira do IJP há alguns anos. Somos pioneiros no uso de alguns das novas tecnologias da empresa, bem como eles nos apoiam em nossas ações de ensino. Esta visita foi muito oportuna para estreitar o relacionamento com a empresa”, explica Loureiro. Na visita, o médico do IJP teve contato com a equipe de engenheiros e com a CEO da indústria, Terri Kelly. “O ambiente de trabalho é espetacular, com a clara vocação de inovação, criando produtos relevantes para o progresso da Medicina e da Ciência de forma imediata”, diz.

Parceria inédita

A visita também teve o objetivo de formalizar a parceria que o IJP firmou com a GORE, de realizar pesquisas e testes dos produtos da marca no Brasil. Em associação com outros profissionais, o IJP irá realizar avaliações específicas de alguns materiais mais promissores na área de atuação do Instituto. “Poderemos agregar relevantes informações científicas para passar aos nossos alunos e, aos nossos pacientes, ofereceremos o que há de melhor nas cirurgias de obesidade, hérnias de hiato e hérnias abdominais”, concluiu.

 

×